A causa do stress pode estar no ambiente de trabalho

postado por: Daniel Burd on 19/out/2017 5:30:00

In Estresse no trabalho

O mundo globalizado, resultado do avanço da tecnologia e da superconexão entre as pessoas por meio da Internet, trouxe inúmeros benefícios e facilidades para o cotidiano. Entretanto, esses avanços trouxeram consigo grande competitividade, carga excessiva de trabalho, falta de tempo para a vida particular, etc. 

O contexto moderno causou um aumento significativo do estresse no trabalho, o que tem provocado reflexos na saúde mental e física dos trabalhadores, e a consequente diminuição da produtividade das empresas.

A seguir, vamos informar sobre como o ambiente de trabalho pode ser a causa do estresse dos seus colaboradores, bem como a promoção do bem-estar no ambiente laboral pode ser a solução.

Estresse no trabalho

Uma pesquisa indica que, no ano de 2016, 75,3 mil trabalhadores tiveram que se afastar do trabalho e receber auxílio-doença em razão da depressão. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, até 2020, o que mais incapacitará as pessoas em todo o mundo será a depressão.

As consequências do estresse para o profissional podem chegar a níveis mais sérios, como a depressão, e levá-lo ao afastamento do trabalho. Mas também existem aqueles sintomas que, muitas vezes, não se associam com o estresse laboral, como: o aumento da pressão arterial, a diminuição da imunidade, o aumento do acúmulo de gordura,  o aumento da frequência cardíaca, etc. 

Em virtude das sérias consequência que o ambiente de trabalho pode causar para a saúde do trabalhador e para a produtividade da empresa, é importante identificar quais são as circunstâncias laborais que contribuem para o surgimento do estresse.

Circunstâncias laborais do estresse

Algumas situações e condições comuns na esfera profissional contribuem, de forma importante, para o estresse. A seguir, vamos listar as circunstâncias e as causas mais comuns.

  • Sobrecarga de trabalho

A exigência do mundo corporativo, muitas vezes, ultrapassa os limites possíveis que alguém, mesmo altamente produtivo, possa suportar.

A sobrecarga de trabalho, aliada a metas impossíveis e prazos apertados, obriga o colaborador a levar os problemas do trabalho para casa. Consequentemente, ele não terá como utilizar o pouco tempo que lhe restou para investir em sua vida pessoal e no lazer.

  • Alta competitividade

Vive-se um momento de instabilidade econômica, que gera um aumento da competitividade entre os trabalhadores. Paralelamente,  há uma tentativa de redução de custos por parte dos empresários. Naturalmente, essa situação já é fonte de estresse, pois muitos trabalhadores dependem exclusivamente dessa fonte de renda para sustentar a sua família.

Além dos momentos de instabilidade econômica, é preciso saber usar essa competitividade a favor da empresa, mas preservando a saúde do colaborador. Fomentar uma competitividade a partir de um ambiente instável e de medo só contribui para a diminuição da produtividade, criatividade e saúde dos funcionários.

  • Relações interpessoais

Em um ambiente de trabalho, exige-se do profissional autoconhecimento e um bom gerenciamento das emoções. Já por parte da empresa, é necessário que ela trabalhe na construção de um ambiente que amenize os problemas intrínsecos às relações interpessoais.

Desencontro de informações, mudanças de prazo repentinas, lideranças confusas, incertezas sobre o lugar que ocupa na empresa e equipes desmotivadas são os exemplos mais comuns de estresse gerado pelas relações interpessoais.

Prevenção: bem-estar no trabalho

São graves as consequências do estresse no trabalho, tanto para o trabalhador, quanto para a empresa. A melhor maneira de lidar com esse problema é por meio da prevenção. O ambiente de trabalho também deve ser fonte de bem-estar para os seus colaboradores, para que eles se sintam bem e motivados para contribuir com o crescimento da empresa.

Para isso, é importante investir em treinamento pessoal para os membros das equipes e seus líderes. Assim, os relacionamentos interpessoais e algumas questões práticas não se tornarão fonte de estresse. 

Alem disso, existem técnicas especializadas para o ambiente corporativo, como o treinamento mind, que auxiliam, de forma comprovada, a diminuição das cargas de estresse, melhoram a concentração, o foco, ajudam nas tomadas de decisão etc.

O estresse laboral é um dos principais problemas contemporâneos, tendo em vista o grande espaço que o trabalho ocupa hoje na vida das pessoas. Agora que você já sabe quais são as causas e como prevenir o estresse no trabalho, compartilhe essas preciosas informações em suas redes sociais!

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes