Vida pessoal e profissional: 3 malefícios de não saber separá-las

postado por: Daniel Burd on 14/abr/2017 5:00:00

In Saúde, Equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Os smartphones, ao lado do aumento das responsabilidades no trabalho, têm feito com que vida pessoal e profissional fiquem cada vez mais misturadas. Essa prática, porém, pode trazer consequências não tão boas — como estresse e diminuição da produtividade.

Neste post, você vai entender como esse hábito pode interferir na sua saúde e como separar um tempo para curtir a vida pessoal e voltar ao trabalho mais focado e produtivo. Acompanhe:

Os malefícios de não separar vida pessoal e profissional

Prejudica as relações familiares

Levar trabalho para casa frequentemente e extrapolar no horário que passa dentro do escritório pode simplesmente eliminar o tempo com a família. Aquele passeio no parque no fim de semana acaba ficando para outro momento, e a saída com o cônjuge para jantar é adiada.

Com isso, o afastamento da família pode deixar as relações mais frias, provocando problemas como conflitos no casamento.

Faz mal à saúde física

Quando você trabalha muito, não sobra tempo para realizar outras atividades, incluindo os exercícios físicos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, adultos entre 18 e 64 anos devem realizar 150 minutos de atividade física em nível moderado por semana para melhorar o sistema cardiovascular, tonificar os músculos e até prevenir doenças como a depressão.

Ou seja, se você não tem tempo para se exercitar por, no mínimo, 30 minutos por dia, você pode ter problemas futuros como osteoporose, obesidade, depressão e dificuldades cardiorrespiratórias.

Compromete a saúde mental

Você já ouviu falar da síndrome de burnout? Em um mundo cada vez mais competitivo, trabalhar muito se transformou em status. Porém, o exagero pode resultar nessa doença que, como o próprio nome já diz, é o esgotamento físico e emocional que o indivíduo sofre ao trabalhar demais.

Dentre os sintomas da doença estão falhas na memória, comportamento agressivo, isolamento social, dificuldade para se concentrar, baixa autoestima, ansiedade e mudanças de humor.

Como separar trabalho e vida pessoal

Coloque um horário para parar de trabalhar

Se é inevitável levar trabalho para casa, limite um horário para terminar as coisas depois do expediente. Depois, desligue o computador, desabilite os avisos sonoros do smartphone e vá fazer as atividades referentes à sua vida.

Brinque com as crianças, faça uma caminhada na esteira ou aproveite para ver um filme em família. O que vale é se esquecer do trabalho e fazer algo que você realmente goste.

Faça meditação

prática correta da meditação vem sendo usada no mundo todo como um método de reprogramação do cérebro para torná-lo mais produtivo quando é necessário. Ou seja, com a prática da meditação, você aprende a programar sua cabeça para focar mais enquanto estiver no trabalho e aproveitar melhor os momentos de diversão.

Separar a vida pessoal e profissional pode ser um desafio para quem já não sabe mais onde uma começa e a outra termina. Porém, com planejamento, organização e a prática de alguns exercícios, é possível viver melhor a produzir mais em menos tempo.

E então, pronto para começar uma nova vida sem que o lado profissional interfira nas suas relações pessoais? Se você gostou desse conteúdo e quer receber mais textos como este, assine a nossa newsletter!

  

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes