Descubra como o stress pode afetar sua produtividade

postado por: Daniel Burd on 27/out/2016 5:30:00

In Menos Estresse, Sintomas do Stress, combater o stress

Em um ambiente de trabalho, a busca por mais produtividade gera stress. O stress, por sua vez, gera menos produtividade. Essa questão, aparentemente, é complexa de se resolver, mas um fator pode fazer toda a diferença e resolver o dilema produtividade versus stress. Um dos caminhos apontados é a inclusão da meditação nas empresas. Continue com a gente nesse post e descubra como o stress pode afetar sua produtividade e quais pequenas mudanças podem trazer resultados positivos para o ambiente de trabalho. 

Como o stress pode afetar a produtividade?

O Instituto de Psicologia e Controle do Stress (IPCS), sob a direção da Dra. Marilda Novaes Lipp, realizou a Pesquisa Stress no Brasil e a análise indicou que 34,26% dos entrevistados responderam que seu nível de stress estava extremo (sendo indicadas por notas de 8 a 10, na escala de 0 a 10 pontos).

Para aliviar o stress, 75% conversam com amigos ou familiares, 71% reavaliam a situação e a causa da irritação e muitos praticam algum exercício físico (63%) ou rezam, oram ou fazem "irradiações mentais" (62%). A pesquisa, realizada com mais de 2 mil brasileiros com idade entre 18 e 75 anos, apontou que houve um aumento no stress no cotidiano e as causas mais apontadas são: problemas com relacionamentos (familiares, amorosos, profissionais, entre outros), dificuldades financeiras e sobrecarga de trabalho.  

O stress é conhecido como uma doença ocupacional, que prejudica a concentração, a produtividade dos profissionais e até mesmo afastamento das atividades. Por consequência, o stress também causa danos à saúde financeira da empresa. Quando estressado, o profissional recebe as tarefas do dia a dia como um problema a ser resolvido, encarando as atividades de forma negativa. Além disso, as doenças também resultam em afastamentos, ocasionados por doenças associadas ao emocional, como a gastrite, doenças respiratórias, entre outras. 

Entre os sintomas de stress estão: dificuldade de memorização, tensão muscular, boca seca, mãos frias e suadas e sensação de cansaço. Sabe-se que o stress tem se tornado rotina em uma sociedade que convive diariamente com engarrafamentos, dívidas, acúmulo de trabalho, divergências políticas, entre outras dificuldades. Apesar de não poder mudar as circunstâncias externas, é possível mudar a si mesmo, a forma de encarar essas adversidades e as práticas na empresa onde você atua.  

Como tratar o stress no ambiente de trabalho? 

Tendência nos Estados Unidos e na Europa, a meditação é um dos grandes aliados no combate e no alívio do stress. Todos precisam de uma pausa para relaxar e se desligar das tarefas do dia a dia, e isso traz muitos benefícios para funcionários e para as empresas. Além de melhorar a memória, a meditação diminui a ansiedade, equilibra o emocional, aumenta o foco, ajuda no combate à depressão, protegendo o corpo de doenças e controlando a pressão sanguínea. No ambiente de trabalho, a meditação é uma solução muito recomendada, pois não ocupa muito tempo e proporciona mais clareza para expor ideias e equilíbrio, evitando reações extremadas. 

Algumas empresas que estão implementando treinamento de meditação já estão obtendo resultados, como o aumento de produtividade, eficiência e satisfação dos funcionários. A Google, por exemplo, tem oferecido meditação e ioga para seus funcionários.

Para algumas empresas, a meditação pode ser encarada como perda de tempo, mas, pelo contrário, a pausa torna as horas de trabalho mais eficientes e grandes companhias já estão confirmando isso. Ficou interessado em saber mais? Então aproveite para ler também o nosso post Como a meditação melhora a sua produtividade: 5 motivos embasados pela ciência!

   

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes