Aprenda a detectar a queda de produtividade relacionada ao estresse

postado por: Daniel Burd on 26/out/2017 6:30:00

In queda de produtividade por estresse

O estresse é um amigo íntimo da vida moderna. Uma pesquisa realizada pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) aponta que 73% dos profissionais sofrem com esse problema. O excesso de estímulos e informações aos quais estamos expostos acabam piorando esse estado. E como consequência, vemos a piora da qualidade de vida e a queda de produtividade por estresse.

Apesar de muitas pessoas ignorarem o problema, é importante pensar que um funcionário deve ser visto como um todo, não apenas como uma ferramenta de trabalho. Garantir sua saúde e bem-estar é importante para o crescimento da empresa e bons resultados no trabalho.

Além disso, uma pessoa que não está emocionalmente plena acaba passando isso para o restante da equipe, o que afeta todo o clima organizacional e prejudica as relações.

Sinais de queda de produtividade por estresse

Muitas vezes, um funcionário que não apresenta o desempenho esperado pode ser taxado como mal profissional e até mesmo desligado da empresa. Mas é importante saber identificar quando se trata de um bom talento que está passando por um período conturbado. Para ajudar nisso, separamos 3 sinais que merecem atenção:

Falta de foco

Um dos maiores indicadores de altos índices de estresse é a falta de concentração nas atividades. A pessoa está fazendo o trabalho, mas, ao mesmo tempo, pensa nos problemas familiares, na conta atrasada, no tanque para abastecer...

Essa dificuldade para se concentrar na tarefa presente faz com que o trabalho não seja realizado com a atenção necessária e uma atividade acaba levando muito mais tempo para ser concluída, o que induz a erros e atrasos no projeto.

Desorganização e falhas no cumprimento de prazos

Quando, apesar das tentativas, o profissional não consegue entregar seus projetos dentro do prazo e parece um pouco perdido em suas obrigações, o estresse pode estar relacionado.

O excesso de compromissos é capaz de gerar uma confusão mental no empregado, que mesmo fazendo horas extras e se dedicando, não consegue lidar com todas as responsabilidades.

Problemas de relacionamento

Se um funcionário que sempre foi tranquilo e nunca apresentou problemas com os colegas começa a ter uma atitude mais reativa e a comprometer o relacionamento interpessoal com a equipe, esse é um sinal forte de estresse e queda de produtividade.

O bom convívio entre os colegas é vital para que os resultados sejam alcançados. Quando esse aspecto está prejudicado, a produtividade é diretamente impactada.

Como evitar o problema

Realizar uma avaliação comportamental pode ajudar a detectar possíveis problemas de estresse, causados tanto pelo excesso de trabalho quanto por questões pessoais.

Essas avaliações podem ser feitas em intervalos pré-determinados de tempo e contarem com a ajuda de um profissional especializado, capaz de detectar o que está provocando o estresse.

Identificando o que prejudica o desempenho, a empresa é capaz de adaptar funções ao funcionário — liberando-o do excesso de trabalho — ou promover programas de bem-estar e saúde que ajudem a contornar o problema e a conseguir mais foco nas tarefas diárias, apresentando melhor desempenho.

Agora que você já sabe como identificar e resolver problemas de queda de produtividade por estresse, assine a nossa newsletter e mantenha-se atualizado sobre qualidade de vida e seu impacto no ambiente profissional!

A chave

clique no e-book acima para ganhar esta "chave" de presente

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes