Laços familiares: entenda como o Mindfulness pode fortalecê-los

postado por: Daniel Burd on 5/mai/2017 4:00:00

In Consciência plena, Pais e filhos, Relações de família

Não é raro as pessoas sentirem que os dias parecem passar mais rapidamente a cada ano.

A sociedade moderna, seus meios de comunicação e a tecnologia conectam tudo e todos. Vivemos conectados, ocupados e estressados, cada um com suas rotinas.

Em razão disso, estamos construindo mundos isolados que aumentam as distâncias entre os indivíduos, quando elas deveriam diminuir. Há uma espécie de desinteresse automático pelo outro. Essa realidade invadiu o seio das famílias, abalando os laços familiares e afastando pais e filhos.

Nesse cenário, o Mindfulness pode ser uma grande ajuda para melhorar as relações limitadas, onde um praticamente não enxerga o outro.

A seguir, conheça mais sobre essa técnica!

O que é Mindfulness?

Mindfulness é o termo que designa o modo de atenção plena ou de consciência plena.

Essa atenção plena é um estado mental consciente, que faz a atenção do indivíduo voltar-se para a experiência vivida no momento atual. Com esse foco, a pessoa adota uma atitude aberta e não julgadora.

Em outras palavras, atenção plena é a consciência que surge quando se volta a atenção para o momento presente sem fazer julgamentos.

Você pode considerar como exemplo o momento de almoçar. No chamado “piloto automático”, ingerimos alimentos ao mesmo tempo em que assistimos ao noticiário da TV ou verificamos as atualizações do smartphone. Já numa condição de atenção plena, poderíamos estar atentos à quantidade e ao tipo de alimento que colocamos na boca, assim como à textura e ao sabor daquele bocado e às sensações que a comida proporciona. 

Como praticar?

A prática se faz, principalmente, com base em exercícios simples de meditação consciente. Esses exercícios vão levar a atenção, que está ligada no piloto automático do dia a dia (ou seja, as rotinas de cada um), de volta para a consciência da realidade presente.

É necessário o aprendizado da técnica em cursos especializados. Mas, absolutamente, não é difícil. Ao contrário, é tudo muito simples.

Não se trata, nessa meditação, de esvaziamento da mente nem de rejeição dos pensamentos e das emoções. Estes, quando surgem, são recebidos simplesmente, sem maiores empenhos. A atenção, porém, não se volta para eles.

Com a prática, a atenção plena volta-se para o presente, sem apego ao passado e sem expectativas com o futuro. O exercício da atenção plena ensina, além disso, a abster-se de conceitos, de juízos de valor e de opiniões, de modo a se obter maior compreensão e equilíbrio.

Mindfulness e as relações entre pais e filhos

A consciência do presente é algo bastante natural para a criança.

Quando os adultos (os pais e os avós, entre outros) se exercitam na atenção plena, conseguem voltar sua consciência para a realidade do momento. Dessa forma, retornam para a relação com os filhos ou os netos de um modo mais real, com maiores possibilidades de harmonia e de compreensão do outro.

A prática da atenção plena reduz o estresse, naturalmente. E adultos menos estressados e mais conscientes de seu próprio momento podem construir relações mais saudáveis com os filhos, porque vão conseguir enxergá-los melhor.

Estar mais consciente da realidade permite engajar-se mais e melhor no mundo do outro. Isso é quase tudo o que os pais precisam na relação com os filhos.

Afinal, pais com emoções positivas aproximam-se mais dos filhos, e esse estreitamento de laços familiares promovido pela Mindfulness retroalimenta o processo com mais atenção ainda.

Ficou interessado em saber ainda mais sobre Mindfulness e manter-se atualizado sobre o assunto? Então assine a nossa newsletter!

   

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes