Entenda porque ficar "sem fazer nada" pode te ajudar a ser mais produtivo no trabalho!

postado por: Daniel Burd on 24/jan/2019 5:30:00

In produtividade no trabalho

O corpo humano funciona em ciclos, e não como uma máquina contínua. Esses ciclos são chamados de ritmos ultradianos, variando de pessoa para pessoa e tendo a capacidade de aumentar a produtividade no trabalho, por exemplo.

Nesses ciclos, o ato de “fazer nada” — ou stillness, em inglês — pode ser de grande ajuda. A meditação, no caso, consiste em uma técnica para não se manter ansioso em busca da próxima tarefa para realizar.

A seguir, veja alguns benefícios da meditação e do ato de tirar um período para relaxar visando a melhor produtividade no trabalho. Boa leitura!

Redução do estresse

Uma série de estudos procurou saber como as pessoas se comportam quando são colocadas em situações nas quais não devem fazer nada.

Os achados das Universidades de Harvard e da Virginia dão a entender que há indivíduos que preferem se infligir dor a ficarem sozinhas com os próprios pensamentos. Em parte, isso está relacionado ao nível de estresse causado pelos estímulos constantes.

Com a meditação, por outro lado, é possível reduzir o problema. De acordo com pesquisadores de Harvard, esse hábito diminui os efeitos psicológicos do estresse, garantindo clareza de pensamento e maior tranquilidade. Além disso, trata-se de uma maneira de utilizar a energia de forma otimizada.

Auxílio na multitarefa

Querendo elevar a produtividade no trabalho, muita gente tenta fazer várias coisas ao mesmo tempo. Sem o padrão comportamental correto, entretanto, elas correm mais riscos de errar ou de deixar etapas pela metade.

Para solucionar a questão, pesquisadores da Universidade de Washington descobriram que meditar pode auxiliar bastante. A prática ajuda a reduzir o estresse diante de múltiplas tarefas e promove a concentração durante um tempo maior em uma de cada vez. Assim, qualifica-se o padrão comportamental e se assegura mais etapas concluídas.

Fortalecimento da memória

O hábito de não fazer nada e de treinar a mente também é positivo para a memória. Pesquisadores da Universidade da Califórnia chegaram à conclusão de que a técnica mindfulness ajuda a aumentar a concentração, a atenção e a memória.

Com isso, concluíram que tirar tempo para refletir sobre os próprios pensamentos e ações é benéfico para as funções cognitivas. Inclusive, trata-se de um jeito de aprender e consolidar conhecimento, favorecendo a execução de novas atividades.

Melhoria do bem-estar psicológico

De modo geral, a busca por produtividade no trabalho pode causar prejuízos para a saúde mental. Diante da pressão por resultados, há quem desenvolva sintomas e quadros complexos.

Com a meditação, isso muda. Segundo estudiosos da Universidade de Boston, dá para dizer que a terapia baseada em mindfulness é efetiva no combate à ansiedade e mudanças de humor.

Já a Universidade de Harvard afirma que, além de aliviar o estresse, a prática constante ajuda a evitar gatilhos que disparam a depressão. Assim, é possível ter um padrão psicológico bem mais positivo.

Se a intenção é aumentar a produtividade no trabalho, ficar “sem fazer nada” por alguns instantes pode ajudar. Com a meditação, seu cérebro atinge padrões melhores e, como consequência, a concentração para diversas tarefas vira algo um tanto quanto mais tranquilo!

Como essa prática é tão decisiva nos resultados, entre em contato com a Call Daniel e confira agora as nossas soluções!

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes