Atenção plena: o que é? Saiba agora e veja seu impacto no trabalho

postado por: Daniel Burd on 24/mai/2018 5:30:00

In o que é atenção plena

Você sabe o que é atenção plena e como ela pode impactar o seu desempenho profissional? O conceito se define pelo ato de estar consciente daquilo que se faz e/ou ocorre no momento presente.

Atingir esse estado mental, garante diversos benefícios para profissionais das mais diferentes áreas de atuação e, consequentemente, para melhorias no desempenho de suas tarefas. 

No Brasil, esse conceito ganha cada vez mais espaço dentro do ambiente corporativo, mas suas práticas ainda são pouco difundidas por aqui. Por isso, para se informar melhor sobre que é atenção plena e como praticá-la no trabalho, continue a leitura abaixo e aprenda mais. 

Qual é o impacto dessa atividade no ambiente de trabalho? 

A atenção plena, ou mindfulness, apesenta inúmeras vantagens aos seus praticantes dentro do ambiente profissional. Por meio dessa prática, os colaboradores da empresa conseguem evoluir em alguns quesitos de uma forma incomparável. Seus principais benefícios são: 

  • acalma a mente e ajuda no foco da atividade; 

  • amplia a compreensão de seus pensamentos, sem julgamentos ou juízos de valor sobre eles; 

  • reduz drasticamente o estresse; 

  • diminui a ansiedade; 

  • melhora a criatividade; 

  • aumenta as emoções positivas; 

  • permite trabalhar com mais atenção; 

  • melhora as habilidades socioemocionais, como a liderança de equipes, por exemplo; 

  • melhora a qualidade de vida em geral; 

  • desenvolve a performance de pensar e agir. 

Quais empresas famosas utilizam a atenção plena em seus ambientes de trabalho? 

No exterior, pelo fato de as empresas já dominarem o que é atenção plena e saberem que sua prática rende bons resultados, é recorrente o uso dela dentro de seus ambientes profissionais. Exemplos clássicos de empresas praticantes desta atividade são velhos conhecidos no mundo inteiro.

O Google, por exemplo, conta com o trabalho do ilustre Chade-Meng Tan, responsável pelas atividades de mindfulness dentro da gigante da tecnologia. Facebook, Apple, Vivo e Intel são outros exemplos de grandes companhias que apostam na prática da atenção plena há alguns anos.

Quem deve praticar a atenção plena no ambiente de trabalho? 

Hoje, o mundo corporativo consegue enxergar o que é atenção plena. Seu conceito não é atrelado somente às pessoas que buscam um trabalho de meditação para fins pessoais.

A prática passou a se estender como uma evolução interior que, notoriamente, pode ser benéfica ao desempenho de atividades do trabalho e dos colaboradores. Por isso, a atenção plena é fundamental para todas as pessoas da empresa e não deve ser limitada só aos cargos executivos. 

Como é possível aplicar a atenção plena em uma empresa? 

É preciso entender a atenção plena por meio da meditação como um trabalho de ginástica da mente. É imprescindível que essa atividade seja conduzida por uma empresa de consultoria especializada e com profissionais focados no desenvolvimento corporativo. Isso garante analisar e trabalhar os principais pontos a serem exercitados de forma eficaz e, consequentemente, trará resultados notórios aos seus colaboradores e às suas tarefas. 

A atenção plena é essencial para o desenvolvimento consciente do profissional e, sem dúvidas, promove excelentes benefícios, tanto pessoais, como no ambiente de trabalho. 

Se você gostou da dica e quer saber ainda mais sobre o que é atenção plena e como funciona uma consultoria em mindfulness, não deixe de ler mais sobre este assunto em nosso blog.

 

Conheça pessoalmente o treinamento para uma vida sem stress:

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

Receba, por email, nossas dicas para mais qualidade de vida com a redução do  stressVocê gostaria de conhecer os diferenciais deste treinamento?

Clientes